Sicredi União RS - Sicredi financiou cerca de R$ 180 milhões para energia solar

Sicredi financiou cerca de R$ 180 milhões para energia solar

Publicado em 04 de Abril de 2019
Tempo de leitura: 05'44"
0 0
< >

A procura por financiamento na instituição financeira cooperativa, nos dois estados, cresceu, no ano passado, mais de 500% em relação ao mesmo período de 2017.

O Brasil possui uma das melhores condições no mundo para geração de energia solar, tendo clima e território como pontos favoráveis ao crescimento desse tipo de fonte na matriz elétrica brasileira. O país ingressou no mercado fotovoltaico mundial em 2017 na 10 a posição do ranking que mede o investimento no setor, sendo o segundo do continente americano a figurar na lista, depois dos Estados Unidos, que ocupavam a segunda colocação na lista global liderada pela China.

Nesse cenário de produção de energia no Brasil, o Sicredi já disponibilizou, no primeiro mês de 2019, mais de R$ 25 milhões em financiamento para geração de energia solar no RS e SC. Em 2018 a Sicredi União RS liberou de 9 milhões em crédito energia solar para associados pessoa física e jurídica. E em 2019, nestes primeiros meses, foi liberado 3 milhões. "Entendemos que este é o momento para o associado investir na produção de energia não poluente. A sustentabilidade é uma das preocupações que temos para contribuirmos um mundo melhor", comenta o Presidente da Sicredi União RS, Sidnei Strejevitch.

Segundo estudo produzido pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), somente a irradiação solar, por ano, na superfície terrestre é capaz de atender 10 mil vezes o consumo anual de energia no Planeta Terra. Neste cenário, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) aponta tendência para os próximos anos de aumento no número de painéis solares que fazem a captação da energia. "O Sicredi é parte fundamental da estratégia de expansão da oferta de uma energia mais econômica e sustentável, pois, em 2010, iniciamos com as primeiras opções mais estruturadas de linhas. No caso da energia fotovoltaica, começamos em 2017, mas foi em 2018 que a procura por financiamento cresceu", explica Márcio Port, Presidente da
Central Sicredi Sul .

No que tange a geração distribuída de energia solar, levantamento em nível nacional destaca que o Rio Grande do Sul ocupa a segunda posição do ranking estadual - com potência instalada de 89,2 MW, estando atrás apenas de Minas Gerais. Ainda no âmbito estadual, Santa Cruz do Sul é a cidade que mais implementou projetos de geração de energia solar no RS. "A contratação desse tipo de energia reduz o custo da conta de luz, um dos gastos fixos mais impactantes na população, comércio e na indústria. É o crescimento da autoprodução de energia. Ano passado, no RS e SC, o Sicredi contabilizou quase duas mil operações, um crescimento de mais de 500% se compararmos com 2017", destaca o diretor executivo da Central Sicredi Sul/Sudeste, Leandro Gindri de Lima.

De acordo com a Organização das Nações Unidas, em menos de 10 anos, as fontes de energia renováveis, limpas e sustentáveis, poderão ser mais baratas se comparadas com os combustíveis fósseis. Projeção da ONU prevê que 100% da energia consumida no mundo poderá ter origem de fontes renováveis até o ano 2050. "É uma escolha altamente atrativa, pois, em um período médio de quatro a seis anos, o investimento estará pago só com a economia obtida com a conta de energia. Em algumas situações, a conta é maior do que a parcela do financiamento contratado para a geração de energia solar", explica Gindri de Lima.

Além da energia fotovoltaica, o Sicredi oferece outros produtos como fontes de energias renováveis, Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC), além de linhas voltadas à sustentabilidade de cadeias produtivas, defesa animal e incentivo à agroecologia.

Sobre o Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 Estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros.

No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, o Sicredi reúne mais de 1,9 milhão de associados. A cobertura no RS alcança 92% dos municípios e em SC, 30%, totalizando 710 pontos de atendimento. Presente no campo e na cidade, o Sicredi contabilizou, até janeiro de 2019, mais de R$ 47 bilhões em Ativos Administrados nos dois estados. Quando todos fazem juntos, é possível realizar os sonhos de cada um por meio do esforço coletivo. Isso é o cooperativismo.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba,
Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São
Paulo, Sergipe e Tocantins.